Beauty Fair

  • faltam
  • 1
  • 3
  • 6
  • dias
Credenciamento Online
9a. Beauty Fair - De 7 a 10 de setembro de 2013 - Expo Center Norte - São Paulo - SP

Procure conteúdo por área:

Corrente russa combate flacidez após emagrecimento


por Redação en 31/10/2011

“O uso de cosméticos e a prática de exercícios físicos muitas vezes não são o suficiente para eliminar o excesso de pele, minimizar a celulite e a flacidez. Nestes casos a realização de tratamentos estéticos é de grande valia e proporciona ótimos resultados”, explica a esteticista Tereza Revoredo, da T&T Clínica Estética.

A profissional considera a corrente russa um poderoso tratamento para auxiliar na redução da flacidez. Além de melhorar o aspecto da pele, a técnica auxilia a eliminar as gorduras localizadas, a tonificar os músculos e aprimora os resultados obtidos com a atividade física. “A corrente russa é indica principalmente depois do emagrecimento, após a gestação e no pré e pós-operatório de cirurgias plásticas”, esclarece Tereza Freire, que também é esteticista e enfermeira da mesma clínica.

As regiões corporais que podem se beneficiar dos estímulos elétricos são as coxas, braços, abdômen e glúteos. Freire lembra que não existe milagre e os efeitos surgem apenas com a associação de hábitos saudáveis. “O método é simples, feito de forma totalmente computadorizada. Durante a sessão os impulsos elétricos são emitidos nas fibras musculares, responsáveis pela firmeza e sustentação do corpo. Com a atuação direta nos músculos ocorre à tonificação e até a recuperação de lesões nos locais tratados”, observa Revoredo.

Os estímulos também são responsáveis por novos contornos corporais, com redução de medidas e melhora na circulação sanguínea. O profissional coloca eletrodos sob a pele do paciente, que recebe correntes elétricas em intensidade baixa, adequada para o tratamento terapêutico.

As duas esteticistas concordam que a corrente russa é um dos tratamentos estéticos mais eficazes conta a gordura localizada, a flacidez e a celulite. Não deve ser encarada como mais uma técnica passageira, que dá poucos resultados e desperdiça tempo. “O número mínimo de sessões deve ser respeitado e as orientações devem ser seguidas a risca pelos pacientes. Para bons resultados é recomendada pelo menos a realização de 20 sessões. Cada sessão equivale a 500 abdominais, uma boa ajuda para definir a barriguinha”, finaliza Revoredo.

corrente

  • @feirabeautyfair

ONDINA VIVA BELEZA